Doação de sangue: um ato de amor ao próximo

Chamado de “Doadores de Vida”, os vespasianenses participantes são encaminhados aos hemocentros onde podem realizar suas doações e, assim, salvar muitas vidas

Nesta terça-feira, 14, comemoramos o Dia Mundial do Doador de Sangue. A data foi definida para homenagear a todos os doadores de sangue e conscientizar os não-doadores sobre a importância deste ato, que é responsável pela salvação de milhares de vida.

Criada em 2014 por iniciativa da Organização Mundial da Saúde (OMS), a data presta uma homenagem ao nascimento de Karl Landsteiner, imunologista austríaco que descobriu o fator Rh e várias diferenças entre os diversos tipos sanguíneos.

Além das homenagens, este dia oferece uma oportunidade para chamar governos e autoridades em saúde a fornecer recursos suficientes para aumentar a coleta de sangue doado por voluntários não remunerados e gerenciar o acesso a sangue e transfusões para quem precisa.

Um programa de doação de sangue eficaz, caracterizado por ampla e ativa participação da população, é fundamental para atender a necessidade de transfusões de sangue em tempos de paz, bem como em situações de emergência ou desastres que causem aumento súbito na demanda de sangue, ou quando o funcionamento normal dos serviços de hematologia é afetado. 

Quem pode ser doador de sangue?

Estão aptos a serem doadores de sangue, pessoas que se enquadrem em diversos fatores pré-definidos pela OMS.

Podem doar sangue pessoas entre 16 e 69 anos e que estejam pesando mais de 50kg. Além disso, é preciso apresentar documento oficial com foto e menores de 18 anos só podem doar com consentimento formal dos responsáveis.

Pessoas com febre, gripe ou resfriado, diarreia recente, grávidas e mulheres no pós-parto não podem doar temporariamente.

O procedimento para doação de sangue é simples, rápido e totalmente seguro. Não há riscos para o doador, porque nenhum material usado na coleta do sangue é reutilizado, o que elimina qualquer possibilidade de contaminação.

Além disso, é necessário estar alimentado, evitando comidas gordurosas nas três horas que antecedem a doação de sangue. Caso seja após o almoço, aguardar 2 horas.

É necessário que o doador tenha dormido, pelo menos, seis horas nas últimas 24 horas.

De acordo com as normas de saúde, a frequência máxima é de quatro doações de sangue anuais para o homem e de três doações de sangue anuais para as mulheres. O intervalo mínimo entre uma doação de sangue e outra é de dois meses para os homens e de três meses para as mulheres.

Vespasiano Corrêa possui grupo de doadores

Pensando em ajudar o próximo, o município de Vespasiano Corrêa possui um grupo de doadores. Chamado de “Doadores de Vida”, os participantes são encaminhados aos hemocentros onde podem realizar suas doações e, assim, salvar muitas vidas.

Para fomentar e ajudar a difundir a importância do ato de doar sangue, o Governo Municipal, por meio da Secretaria de Saúde apoiam a causa, oferecendo o transporte e motorista para realizar as viagens até o local de doações, atitude fundamental para que as ações tenham continuidade.

Vespasianenses interessados em participar do grupo “Doadores de Vida” podem entrar em contato pelo fone 51 99980-4244.

Uma pessoa adulta tem em média cinco litros de sangue e em uma doação são coletados no máximo 450ml de sangue. É pouco para você e muito para quem precisa! Você passará por uma entrevista que tem o objetivo de dar maior segurança para você e aos pacientes que receberão o seu sangue. Seja sincero ao responder as perguntas!

Doe Sangue Regularmente. Tem sempre alguém precisando de você.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.